Em assembleia unificada, metalúrgicos de BH, Contagem e Betim rejeitam proposta da Fiemg

Publicado em 10 de outubro de 2016 | Notícias

Em assembleia unificada realizada no dia 09 de outubro (domingo), os metalúrgicos da região metropolitana de Belo Horioznte, rejeitaram o reajuste de 5% nos salários, a partir de fevereiro de 2017, proposto pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), na última reunião de negociação da campanha salarial.

Os metalúrgicos exigem que os patrões de Minas melhorem a proposta, pois mais de dois meses já se passaram e a negociação avança a “passos de tartaruga”. A próxima reunião de negociação está agendada para amanhã (terça-feira, 11 de outubro), às 10h, na sede da Fiemg.

“A proposta apresentada pela Fiemg está muito abaixo da expectativa dos trabalhadores, pois nossa reivindicação é 12%. A inflação foi de 9,15%, portanto a proposta dos patrões nem de longe repõe as perdas que os trabalhadores tiveram no período. Agora precisamos intensificar a mobilização para exigir uma proposta melhor”, falou Geraldo Valgas, presidente do Sindicato.

Comentários foram encerrados.