Nova rodada de negociação da Campanha Salarial 
--
Já se passaram mais de dois meses desde a entrega da nossa pauta e, durante esse período, aconteceram cinco rodadas de negociação

Primeira negociação da Campanha Salarial não teve avanços

Publicado em 27 de agosto de 2013 | destaque, Notícias

Este ano vamos ter uma Campanha Salarial complicada companheirada. Os patrões não estão com nenhuma pressa em negociar o aumento do seu salário. A primeira reunião de negociação realizada ontem (26), por exemplo, foi agendada por eles quase um mês depois da entrega da nossa pauta.
Além disso, os trabalhadores tinham a expectativa de que após todo esse tempo, a patronal viesse com disposição de acelerar a negociação com a apresentação de  uma contraproposta digna de ser apreciada. Só que não foi isso que aconteceu. A contraproposta deles não repõe nem a inflação do período.

Mas não é só isso. Eles ainda tiveram a cara de pau de propor o “famoso” banco de horas, só que desta vez disfarçado de horas extras.
O reajuste que recebemos nos nossos salários na campanha salarial do ano passado, já foram “engolidos” pela inflação. Portanto, precisamos intensificar a mobilização e exigir dos patrões o aumento real nos salários e o atendimento das nossas demais reivindicações.

A próxima reunião de negociação foi agendada para o dia 03 de setembro (terça-feira). Não vamos aceitar choro de patrão! Vamos dar uma resposta à altura para essa provocação e crescer a mobilização nas fábricas.

É hora de união e luta para conquistar!

Mais Notícias

Comentários foram encerrados.