Gritos dos Excluídos é no dia 07 de setembro

Publicado em 4 de setembro de 2015 | destaque, Notícias

No dia da Independência, movimentos populares vão às ruas em defesa da democracia

No dia da Independência do Brasil, em 7 de setembro (segunda-feira), os movimentos populares, com apoio da CUT São Paulo, ocupam as ruas da capital paulista na luta contra o golpe e o ajuste fiscal, por democracia, mais direitos e politicas públicas.

A concentração é a partir das 8h30, na Praça Oswaldo Cruz (Metrô Paraíso). A partir das 10h, haverá caminhada pela Avenida Paulista, descendo a Rua Brigadeiro Luiz Antonio até o Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera, em frente à Assembleia Legislativa de São Paulo.

O Grito dos Excluídos já é uma agenda permanente no calendário dos movimentos sociais e, em 2015, o ato público dá continuidade à luta que se acirrou, desde o início do ano, por direitos e por democracia, pontua João Batista Gomes, secretário de Mobilização da CUT São Paulo.

Além de desenvolvimento econômico com geração de emprego e manutenção dos direitos trabalhistas e sociais, em um manifesto, as entidades que apoiam o Grito dos Excluídos também ressaltam as bandeiras: contra a redução da maioridade penal; contra o genocídio da juventude negra; por uma reforma política que impeça a chegada ao poder de candidatos eleitos para defender grupos econômicos e não a população; por uma reforma tributária que cobre impostos sobre grandes fortunas e heranças.

Fonte: CUT

Comentários foram encerrados.